Padre brasileiro, inventor do rádio, recebe homenagem dos Correios

Selo Comemorativo

A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) vai emitir, no próximo dia 21, um selo e um carimbo, em comemoração aos 150 anos de nascimento do padre Roberto Landell de Moura, inventor do rádio.

Grande parte dos livros de História traz o nome do cientista italiano, Guglielmo Marconi, como o inventor do rádio com sua demonstração pública em 1874, em Bolonha (ITA). Contudo, dois anos antes, o padre Roberto Landell de Moura, na cidade de São Paulo, já havia feito o experimento de transmissão radiofônica com sucesso. A transmissão do padre Landell pode ser ouvida a oito quilômetros do local do experimento.

Sua invenção recebeu três patentes, nos Estados Unidos e aqui no Brasil, mas mesmo assim, o nome de Marconi é que ficou imortalizado.

Há um movimento na internet (Movimento Landell de Moura – MLM) que pede o reconhecimento do padre como verdadeiro inventor do Rádio. Além do MLM, o senador Sérgio Zambiasi solicitou ao Congresso Nacional que inscreva o nome de Landell no Livro dos Heróis da Pátria.

História

 Aos 17 anos, Roberto Landell saiu de Porto Alegre, sua cidade natal, e foi estudar Teologia, Física e Química em Roma. Na sua volta ao Brasil, o padre Landell compartilhou experimentos científicos com o imperador Dom Pedro II.

Padre Landell foi pároco em Campinas e em São Paulo, onde realizou, em 1872, a primeira transmissão de rádio da história. Landell morreu de tuberculose, no anonimato, com 67 anos de idade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: